Entrevista a Alfie Allen

O Access Hollywood continua a publicar entrevistas a membros do elenco. Desta vez, foi Alfie Allen, que na série interpreta o papel de Theon Greyjoy. Atenção para os ligeiros spoilers em relação ao destino desta personagem na segunda temporada.


AccessHollywood.com: Quando foste à audição para este papel, fazias ideia que se ia tornar um dos papéis principais?
Alfie Allen: Não, não fazia. Quando fiz a audição, achei que era fantástico fazer parte de uma série da HBO... Não tinha ouvido falar muito dos livros antes de conseguir o papel. Uma vez que o consegui, mergulhei de imediato nos livros e quando começámos a filmar o episódio-piloto, acho que já tinha o primeiro livro quase terminado, por isso foi fantástico. Adoro fazer parte disto e quando me apercebi que o meu papel ganha mais destaque na segunda temporada, foi muito positivo. Fiquei feliz por ter coisas mais substanciais para fazer na segunda temporada.

Access: O Theon é um pouco semelhante à personagem de Kit Harington, o Jon Snow. É um tipo que não se encaixa em lado nenhum. Deve ser uma personagem interessante de representar. Como é que fizeste a abordagem?
Alfie: Tens de perceber porquê - porque é que ele é assim e porque é que tem aqueles sentimentos. E, obviamente, há pessoas na série que fazem investigação que me ajudaram a compreender isto, mas foi, sim - és a primeira pessoa a dizer isso, que ele é semelhante ao Jon Snow - na forma como sente que não pertence, porque me apercebi disso muito cedo... Eu e o Kit falámos muito sobre isso... Mas acho que o Kit, a sua personagem, lida com isso um pouco melhor do que eu - com o facto de não pertencer. Por isso foi fixe conseguir mergulhar nisto. Adoro coisas negras, quanto mais negro melhor para mim, para ser sincero.

Acess: És várias vezes fotografado com o Kit, alguém com quem já não tens cenas há algum tempo. É fácil passarem tempo juntos porque não tens de criar tensão com ele no ecrã?
Alfie: Não, estranhamente ele ajudou-me com uma audição que fiz ontem, por isso temos representado juntos, mas não em Game of Thrones. Por isso foi porreiro... É engraçado dizeres que não tenho de representar com ele e ainda ontem fiz uma audição e ele teve de representar uma mulher de 45 anos e eu era o seu interesse romântico de 25 anos. Foi muito engraçado fazer uma audição destas juntos... Muito engraçado - e estranho, por vezes - mas ultrapassámos isso. É um tipo muito simpático e damo-nos bem. Tenho a certeza que se fizéssemos cenas os dois continuaríamos a passar tempo juntos de qualquer modo, mas todo o elenco é fantástico e não há nenhuma ovelha negra. São todos adoráveis. Sei que parece piroso e cliché, mas é como se fôssemos uma grande família quando estamos a gravar.

Access: O Theon vai para casa nesta temporada, conta-nos sobre como foi rumar às Ilhas de Ferro. É o teu próprio enredo!
Alfie: Sim, é fantástico. Volto às Ilhas de Ferro para ver o meu pai, após terem decidido enviar-me para lá... Quando ele lá chega... o seu pai não lhe dá as boas-vindas que esperava, por isso ele sente que tem de provar cada vez mais que é um Greyjoy e não um Stark. E isso perturba-o. Tem uma enorme crise de identidade, que foi, definitivamente, porreiro representar. Mas é negro, e, como disse, gosto de coisas negras.

Access: É como se estivesses a entrar num elenco inteiramente diferente quando vais para as Ilhas de Ferro. Sentiste-te como o velho das gravações - como se já tivesses passado por tudo aquilo?
Alfie: De certo modo, sim. Foi realmente estranho... As pessoas diziam, 'Oh meu Deus! Não consigo acreditar que estou aqui a fazer esta série para a HBO, é incrível.' Tive de colocar um braço nos ombros das pessoas e dizer 'Está tudo bem, senti-me assim no ano passado.' Foi um pouco estranho ser aquele que diz 'Sim, já fiz isto antes.' Foi bom ser essa pessoa.

Access: Então e o Patrick Malahide, que faz de teu pai, o Lord Balon Greyjoy?
Alfie: Ele é um veterano, por isso deve saber o que está a fazer. Não acho que ele estivesse assim tão nervoso. Ele simplesmente mergulha no trabalho. É um grande ator, por isso foi bom trabalhar com ele.

Access: O primeiro trailer mais extenso saiu recentemente. As pessoas ficaram muito entusiasmadas por ver o Theon da segunda temporada. Houve muita conversa e alguém fez um GIF animado utilizando o breve vislumbre da água a ser derramada na tua cabeça.
Alfie: Oh sim! Adoraram essa cena! Adoraram!

Access: Fazias ideia que iria acontecer esse tipo de reação ao trailer?
Alfie: De todo, de todo. O que queres dizer? Que tipo de reação? Porquê? O que é que aconteceu?

Access: Vejo muitas pessoas online - particularmente mulheres - que estão muito, muito, muito entusiasmadas com esse breve vislumbre. Já tens solteironas a fazerem propostas de casamento?
Alfie: Ha ha ha! Isso é fixe. Gosto. Sou definitivamente fã... Fantástico. Essa cena é muito bonita e quando a fizemos, o David [Benioff] e o Dan [Weiss] ficaram delirantes. Disseram, 'Ficou tão bem, Alf.' Portanto, sempre soube que talvez - talvez - fosse ser usada. Mas quero vê-la completa. Sou fã. Quero vê-la toda. Estão sempre a provocar as pessoas com estas coisas e estou definitivamente a sentir a frustração do 'Vá lá! Quero vê-la!'.

Access: Quando estivemos nos Emmys, encontrámos o Rainn Wilson, do "The Office", que nos disse que era fã da tua série. Perguntámos-lhe a que família se quereria juntar se houvesse um papel disponível - e ele respondeu os Greyjoys.
Alfie: O quê? Não pode ser. Ele disse mesmo isso?

Access: Disse. Portanto, precisas de algum irmão Greyjoy?
Alfie: Awwww! Sem dúvida, acho que preciso de alguma, bem, alguma ajuda. Acho que o Theon precisa sempre de alguma ajuda e orientação de um irmão mais velho... vou meter uma cunha para ele.

Access: E a sua personagem em "The Office", o Dwight, é bom com armas, e isso pode ser útil nesta temporada.
Alfie: Definitivamente. Preciso de algum treino com espadas, porque só sou bom com o arco e a flecha, portanto algum treino com espadas far-me-ia bem.

Access: Tens um filme a aproximar-se, "Confine", que vais gravar no próximo mês com a Daisy Lowe. Vais fazer o papel de sociopata ou de namorado?
Alfie: Vou fazer o papel de namorado e é realmente um papel muito porreiro... Sou o namorado e a Daisy Lowe é a modelo torturada e quando digo torturada, é mesmo mentalmente torturada. Ele é fantástica, a Dais. Mal posso esperar por trabalhar com ela, porque conheço-a como amiga mas não como atriz, portanto estou ansioso por trabalhar com ela. É o que vou fazer quando regressar a casa e depois, com sorte, aquela audição que fiz com o Kit irá resultar em algo.

Access: Esperemos que sem o Kit a representar o papel da mulher de 45 anos que é o teu interesse romântico?
Alfie: Sim, esperemos que não, mas isso foi realmente engraçado. Foi uma boa audição.

Via ONTD

Categories: ,

Leave a Reply

Partilhar