Episódio 1x06 - The Golden Crown (Série vs. Livro e opinião)

Série vs. Livro

Este episódio cobre os acontecimentos dos capítulos 38-47, excluindo o capítulo 42, 43 e 46. O capítulo 42 é de Jon, que não aparece neste episódio, enquanto que os capítulos 43 e 46, que relatam o que se passou com Tyrion após sair de Eyrie, e acontecimentos futuros para Ned, deverão aparecer no próximo episódio.

A cena em que Ned acorda é muito fiel ao que se passa no livro, por isso nada a acrescentar. Um pequeno acrescento foi a cena da Dany com o ovo de dragão, que serviu para novamente tomarmos consciência da ligação pouco comum que Dany tem com os ovos, dando a entender que algo se vai passar no futuro.

Toda a cena em que Bran é atacado pelos selvagens resume bem o que se passa no livro, mas omite a participação dos lobos de Bran e Robb, Summer e Grey Wind, que no livro são decisivos na luta contra os selvagens. A cena que aqui foi incluída de Arya com Syrio é retirada (em parte) de um capítulo mais à frente no livro, cujo desenlace acredito aparecer pelo episódio 8.

A cena em que Dany come o coração cru está muito bem feita e espelha o livro. A cena em que Viserys tenta roubar os ovos é nova, e julgo pretender mostrar a personalidade instável de Viserys, o seu desespero e ambição desmedida.

Toda a sequência no Eyrie, onde Tyrion é levado à presença de Lysa Arryn, é praticamente tirado a papel químico do livro. Já a cena de Robert na floresta é nova, pois no livro nada vemos da caçada. Diga-se de passagem que também não acrescenta grande coisa...

A cena em que Ned está sentado no Trono de Ferro é algo introspectiva no livro e isso aqui perde-se um pouco, de forma natural. Mas tudo o resto, com algumas partes condensadas, corresponde à palavra escrita.

No livro, a luta entre Vardis e Bronn não decorre logo a seguir às confissões de Tyrion, mas aqui percebe-se a condensação. No livro, Vardis não é atirado pela Porta da Lua, que sempre imaginei ser precisamente uma porta e não um alçapão.

De seguida, duas novas cenas, que de novo julgo não acrescentarem muito: a cena em que Joffrey oferece o fio a Sansa e a cena em que Theon vê Ros partir para King's Landing.

No livro, não assistimos ao momento em que Ned percebe finalmente o que Cersei tanto quer esconder e só quando, mais à frente fala com ela, a questão é revelada.

A cena final, da "coroação" de Viserys, decorre nos mesmo moldes do livro.


Opinião Pessoal
Mais um bom episódio. Não gostei tanto como do anterior, mas ainda assim gostei bastante. Tal como tem vindo a ser hábito em episódios anteriores, é de destacar o empenho das pessoas envolvidas na série em se manterem fiéis aos acontecimentos e diálogos do livro original. Acho que, até agora, poucas foram as cenas adicionadas que me pareceram deslocadas ou mal-feitas e tudo o que foi cortado, por assim, dizer, na maioria das vezes é perfeitamente compreensível tendo em conta que a história está a ser contada num meio completamente diferente - a televisão.

Falando nas cenas novas, este episódio tem poucas e, como já disse acima, não me pareceram ter grande utilidade. Quanto aos aspectos que não foram incluídos, só fiquei com pena que os lobos de Bran e Robb não tivessem aparecido na cena em que Bran é atacado.

Apesar de ter sido um episódio com uma cena final muito forte, de algum modo não me prendeu tanto a respiração como o final do episódio 5. Viserys era uma personagem odiosa nos livros, sem nada que me lembre de que se pudesse gostar. O Viserys da série, apesar de continuar a ser um completo idiota, pareceu-me um pouco menos odiável, mais burro e até, por vezes, algo ingénuo. A cena acabou por não ter assim tanto impacto em mim, porque, na verdade, o Viserys da série não conseguiu fazer com que o odiasse completamente e me sentisse particularmente agradada com o seu final. Contudo, foi uma boa cena e acho que todos os intervenientes estiveram bem.

Em King's Landing, adensa-se aquela sensação de que algo vai correr mal. Eu já sei o que vai acontecer, mas mesmo que não soubesse penso que a sombra que paira no ar seria bastante palpável. 

No Eyrie, tudo excelente. Gostei bastante do Mord, carcereiro de Tyrion, que passa muito bem para o ecrã a burrice da personagem e serviu de comic relief. Tyrion em grande, como sempre, e também gosto do ar despreocupado do Bronn.

De um modo geral, mais uma hora de TV que passa a correr. Venha o próximo!

8/10

Categories: ,

One Response so far.

  1. Eu acho que a cena da caça serviu sobretudo para mostrar a relação de Robert com o seu irmão, sobretudo depois de dizer ao Ned que ele foi o irmão que escolheu. Além disso acho que mostra o quão só ele se encontra e como nunca foi feito para governar, de tal modo que se sente que ele perdeu o rumo e abriu, sem dúvida o caminho para os Lannister.

    Já a cena da Roz, praticamente anuncia a guerra que está para vir e mostra o que o povo faz, foge para os locais que julga serem mais seguros e onde podem continuar a sua vida.

Leave a Reply

Partilhar