Episódio 1x05 - The Wolf and the Lion (resumo)

O episódio inicia-se com Ned Stark a percorrer o local do torneio e a entrar na tenda onde o corpo de Ser Hugh of the Vale, morto por Gregor Clegane, se encontra a ser preparado para as cerimónias fúnebres. Ser Barristan Selmy, capitão da Guarda Real, encontra-se no local e os dois trocam algumas impressões sobre o morto. Já fora da tenda, recordam tempos passados, até que Barristan avisa Ned que Robert pretende entrar no torneio.


Numa tenda, o escudeiro do Rei, Lancel Lannister, tenta fazer com que a armadura sirva a Robert, sem grande sucesso, e Robert que aceita que Ned lhe diga que está gordo, decidindo gozar com o seu escudeiro ao mandá-lo buscar um esticador de armaduras. Ned tenta convencer Robert a não entrar no torneio, explicando-lhe que ninguém se atreveria a tentar vencê-lo.

Eddard junta-se à sua filha Sansa para assistir ao torneio. Gregor Clegane prepara-se para enfrentar Loras Tyrell, o Cavaleiro das Flores, que antes do confronto oferece uma rosa vermelha a Sansa. Littlefinger e Renly Baratheon fazem apostas em relação ao vencedor. O embate tem início e Loras consegue fazer Gregor cair do cavalo. Este fica furioso, decapita o cavalo e desembainha a espada para atacar Loras. Sandor Clegane (Hound) intervém na luta para defender Loras, até que o Rei ordena que parem.


Catelyn leva Tyrion para Eyrie, onde mora a sua irmão Lysa Arryn, e o filho, Robin. Tyrion tenta convencer Catelyn que nada teve a ver com a tentativa de assassinato de Bran e aproveita para dizer alto e bom som que será paga uma recompensa choruda a quem o devolver à sua família. Entretanto, o grupo sofre um ataque dos povos das montanhas, e Tyrion consegue convencer Catelyn a libertá-lo das amarras, o que se vem a revelar uma decisão acertada porque o anão salva a vida de Catelyn.

Em Winterfell, Theon Greyjoy pratica tiro ao alvo, enquanto Maester Luwin dá uma lição a Bran sobre as famílias dos Sete Reinos e respectivas divisas. Bran parece não conseguir perdoar a mãe por o ter "abandonado" em Winterfell. Mais tarde, Theon diverte-se com a prostituta Ros, e os dois falam um pouco sobre a família de Theon.


Em King's Landing, Arya corre atrás de um gato. Ned encontra-se no seu gabinete quando Varys chega para ter uma conversa com ele. O conselheiro do Rei informa Ned que os Lannisters pretendiam matar o Rei caso ele tivesse participado no torneio e também que Jon Arryn foi morto com um veneno raro, Tears of Lys, porque começou a fazer muitas perguntas.

Arya continua a perseguir o gato e vai ter a uma cave do castelo, onde encontra o crânio de um dragão. Ouve vozes a aproximar-se e esconde-se no meio dos ossos antigos; as duas figuras aproximam-se e vemos tratar-se de Varys e Illyrio, que arranjou o casamento de Daenerys com Khal Drogo. Os dois homens falam dos Lannisters e dos Stark e no facto de Ned estar a colocar muitas questões.


Na sala do trono, Littlefinger e Varys têm uma conversa cheia de subterfúgios, insinuações e ameaças. Entretanto, Renly aparece e diz aos dois que foram chamados à presença do Rei para uma reunião. Arya consegue sair das caves do castelo e ao tentar entrar de novo no castelo, os guardas impedem-na até a pequena revelar que é filha da Mão do Rei. É levada à presença do pai, e tenta avisá-lo da conversa que ouviu. Yoren, da Patrulha da Noite, pede uma audiência com Ned para lhe dizer que Tyrion foi capturado por Catelyn.

O grupo de Catelyn é interceptado por guardas do Vale, que os levam a Eyrie. O conselho do Rei tem lugar, sendo o assunto principal o facto de Daenerys esperar um filho. A informação chegou através de um espião de Varys, Jorah Mormont. Todos menos Ned concordam que é necessário acabar com a vida de Daenerys; Ned mantém a sua posição e coloca o cargo de Mão à disposição. Littlefinger vai atrás de Ned, dizendo-lhe que o pode levar à última pessoa com que Jon Arryn falou; Ned decide acompanhá-lo.


Catelyn, Tyrion e companhia são recebidos por Lysa e o filho, que apesar de ser um rapaz crescido ainda mama. Lysa acusa Tyrion de ter tentado matar Bran, mas também de ter matado Jon Arryn. Tyrion é levado para uma cela em Eyrie, que tem a particularidade de um dos seus lados ser a céu aberto, a uma grande altura. 

Loras Tyrell e Renly Baratheon partilham um momento de intimidade, e o espectador percebe que são amantes. Os dois trocam algumas impressões sobre a forma como Renly é visto e sobre o que poderá ser no futuro. Loras diz a Renly que a sua família poderá vir a apoiar Renly caso este tenha pretensões a ocupar o trono.


Cersei e Robert conversam nos aposentos dele sobre o passado e Lyanna Stark, irmã de Ned que esteve prometida a Robert antes de falecer. Para além disso, falam também sobre o estado actual do Reino, sobre a ameaça dos Targaryen e sobre Ned Stark.

No bordel onde Littlefinger levou Ned, este fala com uma jovem, mãe de uma filha bastarda de Ned, que também foi interrogada por Jon Arryn. À saída, dá de caras com Jaime Lannister, acompanhado por guardas, que foi ter com Ned para exigir que o seu irmão Tyrion seja devolvido. Jaime ordena que os seus guardas ataquem os guardas de Ned, que, juntamente com Jory, mata uma série de inimigos. Jory ataca Jaime, e este responde enfiando-lhe uma adaga no olho e tirando-lhe a vida. De seguida, Jaime e Ned lutam e um guarda do primeiro tenta ajudar Jaime espetando uma lança na perna de Ned. Jaime vai-se embora e deixa Ned no chão.

Categories: ,

Leave a Reply

Partilhar