Episódio 1x02 - Kingsroad (Série vs. Livro e opinião)

Série vs. Livro
O segundo episódio da série cobre os acontecimentos descritos nos capítulos 10-18 e parte do capítulo 24 (Daenerys). A cena inicial, bem como todas as cenas de Dany neste episódio, remetem para o capítulo 24, no qual Dany pensa na sua viagem com os Dothraki e ressente-se das dores que a cavalgada lhe proporcionou. Apesar de nem todos os acontecimentos desse capítulo serem retratados (nomeadamente os atritos entre Dany e o irmão, que certamente veremos mais tarde), temos também oportunidade de saber mais um pouco sobre as lendas dos dragões e de ver a evolução da relação de Dany e Drogo.

Em Winterfell, a cena entre Tyrion e Joffrey, com a presença do Hound é, no geral, bastante fiel ao que se passa no livro e o mesmo para a cena do pequeno-almoço dos Lannisters.

As cenas da despedida de Jon dos irmãos sofreram algumas (pequenas) alterações. No livro, Jon visita Bran com o seu lobo e Catelyn mostra o seu rancor a Jon dizendo-lhe que devia ter sido ele no lugar de Bran. Toda a cena entre Jon e Arya é bastante fiel, incluindo as dificuldades de Arya em fazer a mala de forma apropriada.

A cena entre Ned e Catelyn, em que fala sobre a partida dele e de Jon Snow, é uma cena nova. Mostra a mágoa que Catelyn guarda ao marido por tê-la feito suportar um filho bastardo e mostra, mais uma vez (e ao contrário do livro), a pouca vontade que Catelyn tem de ver o marido partir. Outra cena introduzida é a da despedida de Ned e Jon. Ned promete ao filho que lhe falará sobre a mãe quando se voltarem a encontrar. O "I Promise" final é um grande piscar de olhos aos fãs, pela importância que este frase tem para uma das suas teorias preferidas.

A cena no campo entre Robert e Ned apanha o essencial dos diálogos do livro e o mesmo se pode dizer da conversa entre Tyrion e Jon a caminho da Muralha. Toda a secção relativa ao ataque a Bran e consequente conversa e decisão de Catelyn de partir para King's Landing está extremamente fiel ao que George R.R. Martin escreveu, com excepção da cena em que Catelyn encontra um cabelo de Cersei na torre. Julgo que esta cena terá sido introduzida com o objectivo de arranjar um motivo mais imediato para a dedução de Catelyn de que o filho foi atirado da torre por culpa dos Lannisters. Relembro que no livro Catelyn deduz a culpa dos Lannisters pelo ataque ao seu filho e por se ter lembrado que nesse dia Jaime Lannister não participou na caçada.

Todo o resto do episódio retrata, sem grandes diferenças, o que acontece no livro, pelo que não há muito mais a acrescentar. Referência apenas ao acordar de Bran no final do episódio: parece que os sonhos que teve antes de acordar, com o corvo de três olhos, vão ser, para já ignorados.


Opinião Pessoal
Já tinha lido por aí algumas opiniões que referiam que este segundo episódio seria menos interessante que o primeiro. Se é verdade que o ritmo é mais pausado e talvez um pouco mais introspectivo, também não deixa de ser verdade que segue quase passo a passo o que acontece no livro e permite consolidar a história e as personagens.

Confesso o meu menor interesse pela linha de enredo de Dany. Já nos livros não é a minha história preferida e confesso que aqui não me está a conquistar. A cena que mais gostei foi a de Jorah Mormont com Dany (Iain Glen tem muita classe) e tive pena de o Viserys aparecer tão pouco. Foram buscar um capítulo da Dany um pouco mais à frente na história, no qual tem lugar uma cena muito interessante com Viserys, mas julgo ter ficado para depois.

Gostei de todas as cenas onde entra o Tyrion, acho que está simplesmente soberbo. Tenho lido algumas críticas ao sotaque de Peter Dinklage e, apesar de achar que podia ser melhor, não me afecta grandemente. Outra que brilha em cada cena em que entra é Maisie Williams (Arya). A miúda é um achado! Para terminar de falar sobre os actores que mais me têm agradado, não posso deixar de referir Sean Bean. A parte final do episódio é um portento de interpretação... Tudo o que ele diz sem palavras na cena final com a Lady é de partir o coração. O nosso Jaime esteve à altura nas cenas em que entrou e começo a ficar cada vez mais convencida com a actriz que faz de Cersei. Quase tive pena dela na cena em que fala do filho que perdeu - mas fiquei com dúvidas se isto aconteceu mesmo nos livros (no 1.º não foi) ou se foi uma cena inventada para a série com a finalidade de vermos quão má e pérfida Cersei consegue ser. Duvido que o Joffrey conseguisse ser mais irritante do que é, e só por isso está bem conseguido.

Tenho pena de dizer isto, mas por enquanto Kit Harington ainda não me convenceu como Jon Snow. Acredito que seja mais exigente com esta personagem do que com as outras, porque é a minha preferida, mas a verdade é que do que vi me parece que o Jon tem apenas uma expressão no rosto, que não mostra muito mais do que ingenuidade e imaturidade. Apesar da personagem do livro ser muito jovem, nunca me pareceu que estas fossem duas características dominantes. Aguardo por ver o que vai acontecer quando chegar à Muralha.

Adorei todas as cenas onde aparecem os lobos e não consegui reprimir uma lagriminha pelo infeliz destino da Lady. :(

De resto, acho que foi um episódio que serviu para consolidar a história e as personagens e, apesar de alguns momentos mais parados, foi extremamente recompensador para um fã da série.

7,5/10

Categories: ,

15 Responses so far.

  1. Sofia says:

    Primeiro, parabéns pelo post, está mesmo muito bom. Gostei da comparação com o livro, é bom para quem leu , e também para quem não leu.
    Segundo, apanhas tes os pontos todos. Por acaso o segundo epi não o vi mas sabia mais menos quais os capitulos que ia apanhar. Eu por acaso gosto mt da vertente Dany, é umas das histórias que me está a fascinar mt, mas acho que o irmão não estão a mostrar bem como ele é mau e cínico para ela. E penso que não deram a devida importância aos lobos, por exemplo acho uma coisa engraçada que era mostrar eles a escolherem os nomes.
    Agora, mas não quero dizer com toda a certeza, acho que o Ned diz ao Jon, que quando se encontrassem de novo ele lhe contaria a história da mãe, que eu lembro-me que era uma das coisas pela qual o Jon falava mais quando se lembrava de casa.

    Esta série estava á espera dela há muito tempo, desde que começei a ler o primeiro livro em 08.

    :)

  2. Célia says:

    Sofia, obrigada pelo teu comentário :)

    De facto, não referi mas concordo contigo quanto à importância dos lobos. O Ghost (Fantasma) praticamente não apareceu, mas mesmo dos lobos que apareceram, acho que têm falhado um pouco em demonstrar a ligação que os animais têm com os seus lobos.

  3. André says:

    Em relação ao filho da Cersei, eu creio que ela conta ao Ned que teve um filho do Robert, mas no livro ela confessa ter abortado. Foi possivelmente o momento que menos gostei no episódio: acho muito estranho, e altamente improvável, que a Catelyn não soubesse do nascimento e morte do principe herdeiro (pelo menos saberia da gravidez da rainha, que esta malta das Cortes, não tendo nada que fazer, dedicava-se ao corte e costura, né? :D).

  4. Célia says:

    André, entretanto também já fiz alguma pesquisa e recordei que realmente no 1.º livro a Cersei diz ao Ned que uma vez engravidou de Robert, mas que foi abortar.

    De resto, ainda não consegui perceber se esta história é verdade na série ou se se trata de uma invenção da personagem para se fazer de coitadinha aos olhos da Catelyn. E concordo contigo, é estranho a Catelyn não ter sabido da gravidez de Cersei...

  5. Cissa says:

    Aquela sequência final, o Sean Bean esteve soberdo!! e também ñ consegui conter a lagrimita.

    Outra cena q me fez arrepiar foi a cena do ataque ao Bran, estava super fiel.

  6. André says:

    Já agora, queria perguntar-te uma coisa, que eu no ASoIaF ando afastado de teorias e afins: que teoria é essa sobre a mãe do Jon que está relacionada com o I Promise?

  7. Célia says:

    Como existe o risco de spoilar quem ainda não leu os livros, não leu tudo, ou não quer manter-se a par destas coisas, aconselho-te a ler o primeiro tópico desta thread, acho que vais perceber logo qual a teoria, e que relação tem com o "I Promise" ;)

    http://www.sffworld.com/forums/archive/index.php/t-85.html

  8. André says:

    Gracias! De facto faz todo o sentido, nunca tinha pensado nessa história da torre, o porquê de estarem lá os 3... Bem visto! Of Ice and Fire indeed. :D (deixa-me calar antes que diga alguma coisa que não deva e lance uns quantos spoilers)

    (btw, o tópico é de 2002; sinto-me tão atrasado... :|)

  9. Célia says:

    Eu acho que desde que saiu o 1.º livro que essa teoria anda por aí, e os livros seguintes só trouxeram mais pistas que ajudam a sustentá-la. Eu acredito sinceramente que é verdadeira, mas esperemos por ver o que Martin vai revelar ;)

  10. Gostei deste segundo episodio. Se bem que se torna quase doloroso estar permanentemente a comparar o que vejo com o que li, corta um bocadinho a abordagem que poderia ser feita ``a serie, mas enfim, ´´e sempre com um formigueiro no estomago que espero o proximo ep. ;DD
    Tb n conhecia a teoria (vergonhoso, o post de 2002...) mas gosto dela.
    Belo post Celia
    Beijo

  11. Apesar da acção ser mais parada, em termos de história parece que avança a uma velocidade supersónica. De repente, já se passou um mês, já os lobos estão crescidos, já se ligaram aos jovens e que provas temos dessa ligação quase mística? Só que a Sansa fica muito chorosa por ficar sem a sua Lady, Arya tenta salvar a sua Nymeria e o Bran é salvo pelo seu... Enfim, esperava um pouco mais neste aspecto.

    De resto estou a gostar. Confesso que no início não gostei muito do Jon e aqui também não estou a gostar. Já me apeteceu bater em alguns personagens, nomeadamente o Joffrey (YAY Tyrion!!!), Theon e Vyserys que sáo personagens que sempre abominei e que só de os ver na série me dá realmente vontade de os espancar. Os actores não têm culpa que olhe para eles e veja mesquinhez, mas na verdade só posso dizer "job well done!" :D

  12. Fiona says:

    Realmente, eu estou agora no inicio do Tormenta das espadas (detesto as traduções portuguesas) mas realmente, nunca tinha pensado nisto. Aliás, todas as pistas, nunca as associei ao Jon, mas sempre olhei para o Jon como algo importante. Eu estou sempre a dizer que a grande ironia seria o Jon, que era o que todos na história davam menos, por ser um bastardo, e a Catelyn, principalmente que tem um ódio de morte (estupido porque a culpa de nascer não foi dele), e no fim ser ele o único que sobrevive e que salva tudo. Muito bom. Vou ja arranjar tempo para acelarar a leitura xD

  13. Em relação a este episódio, retenho as frases de abertura e fecho do post:
    "... este segundo episódio seria menos interessante que o primeiro.", o que de facto se confirmou e
    "... foi um episódio que serviu para consolidar a história e as personagens ..." o que de facto, foi :)
    Creio que o objectivo principal deste episódio foi mesmo o de consolidação. Para quem não leu os livros e "dá de caras" com a série, acredito que seja muito complicado familiarizar-se com a história, principalmente pelo elevado número de personagens e pelas várias sub-histórias que compõem a intriga.
    Acho que ainda estamos no aquecimento ... e isto só pode vir a melhorar :)

    E a cena do Tyrion com Joffrey, bem ... wordless !!!

  14. bekkas says:

    das personagens que mais me fascinam e a de dany ao contrário de si e estou a espera do novo livro para saber o desenrolar da sua aventura xD
    quanto a serie acho que vai num bom caminho as personagens estão muito bem representadas como o tyrion, apenas achei a Cat demasiado velha e o irmao da dany um pouco diferente daquilo que imaginava. a ligação com os lobos devia ter sido melhor retratada é verdade, assim como a apresentação dos stark e de Theon Greyjoy que acho que não foi muito bem conseguida para quem nao esta familiarizado com os livros.

    já agr a que dias sai cada episódio?

    Gostava de dar os parabéns a pessoa que trata desde blog pois acho que esta muito bem conseguido.

  15. Célia says:

    bekkas, os episódios são sempre transmitidos aos domingos. Se quiseres, podes ver as datas de cada um lá em cima no separador "episódios".

    De resto, obrigada pela parte que me toca. ;)

Leave a Reply

Partilhar