Episódio 1x02 - Kingsroad (resumo)


O khalasar de Drogo percorre as planícies. Jorah Mormont fala a Dany sobre as tradições dos Dothraki e, por outro lado, diz a Viserys que ainda está a tempo de voltar para Pentos, local mais adequado à sua condição. Viserys recusa e volta a afirmar que espera um exército para recuperar a sua coroa em Westeros.

De volta a Winterfell, vamos encontrar Tyrion a ser acordado num estábulo pelo sobrinho Joffrey, a quem recrimina por não ter oferecido os seus préstimos aos Stark pelo acidente de Bran e tenta metê-lo no lugar através de uma série de bofetadas. Depois, vai tomar o pequeno-almoço com os irmãos e os sobrinhos mais novos, e informa os gémeos que Bran deverá sobreviver, e ambos tentam disfarçar o incómodo que isto lhes causa. Tyrion informa a família que irá rumar a norte para a Muralha.

Cat encontra-se à beira de cama de Bran quando a Rainha Cersei os visita. Cersei conta a história do bebé de Robert que perdeu e fica praticamente em lágrimas ao recordar a história. Entretanto, no pátio de Winterfell, Jaime Lannister fala, em tom jocoso, com Jon Snow sobre a ida deste para a Muralha.

Arya prepara as suas coisas para a viagem para King's Landing. Quando o irmão Jon chega, Arya tenta demonstrar as habilidades de Nymeria, sem grande sucesso. Jon despede-se da irmã oferecendo-lhe uma espada, Needle.


Jon vai também despedir-se de Bran, apesar do desagrado de Catelyn. Depois de Jon sair e Ned chegar, Catelyn fala sobre o remorso por ter tido de suportar a presença do bastardo do marido durante tantos anos e de ter de aguentar agora uma nova partida do marido, especialmente em circunstâncias tão frágeis. Jon e Robb despedem-se com emoção contida e, finalmente, Jon prepara-se para se separar também do pai, perguntando a Ned quem é a mãe. Ned promete-lhe falar sobre o assunto da próxima vez que se encontrarem.



Durante uma paragem da comitiva real na Estrada do Rei (Kingsroad), Robert e Ned falam sobre os velhos tempos e sobre as preocupações presentes. Chega a notícia do casamento de Dany e Drogo, e Robert revela novamente o seu antigo rancor pela família Targaryen. Robert diz a Ned que sente que a guerra está próxima.

De novo junto dos Dothraki, Dany continua a ter dificuldades na intimidade com Drogo, mas parece conseguir retirar força dos seus ovos de dragão. Na viagem para a Muralha, os dois mal-amados das respectivas famílias, Tyrion e Jon, falam sobre as perspectivas na Muralha. Tyrion explica também a Jon porque é que lê tanto.

Em Winterfell, Maester Pycelle tenta interessar Catelyn pelas contas da cidade, mas Catelyn não tem interesse e é Robb quem assume a responsabilidade. Robb chama a atenção da mãe para o facto de não descansar apropriadamente desde que está à cabeceira de Bran quando vê, pela janela, um incêndio numa torre de Winterfell. Sai a correr para lá, deixando Catelyn aparentemente sozinha no quarto com o pequeno Bran.


Catelyn apercebe-se de outra presença no quarto: um homem pretendia matar o seu filho e não contava a presença de alguém no quarto da criança, depois da manobra de diversão que foi o incêndio. Ataca Catelyn e, quando se prepara para tirar a vida de Bran, aparece Summer, o seu lobo, que mata o homem.

De volta ao outro lado do Mar Estreito, o séquito de Dany ajuda-a com os ferimentos da cavalgada, enquanto falam sobre as lendas relacionadas com os dragões.

Jon, Tyrion e companhia avistam finalmente a imponente Muralha de gelo.


Catelyn dirige-se ao local onde Bran caiu e entra na torre; lá, descobre um cabelo da Rainha Cersei e, juntando isto ao ataque recente, deduz que o filho não caiu, antes foi empurrado por ter visto algo que não devia. Reúne-se com o filho Robb, Theon Greyjoy, Maester Pycelle e Rodrik Cassel e revela-lhes as suas suspeitas. Decide que o marido tem de saber do sucedido e que ela própria lhe levará a mensagem a King's Landing.

Uma das aias de Dany, Doreah, ensina-a novas formas de dar prazer a Drogo, e Dany não perde tempo a pôr em práticas estes novos conhecimentos.

Em mais uma das paragens da comitiva real, Sansa passeia com a sua loba Lady quando dá de caras com Ser Ilyn Payne, o carrasco real. É Hound quem lhe explica que ele não falou porque não tem língua. De seguida, aparece Joffrey, que convida Sansa para um passeio.


Durante esse passeio, Joffrey e Sansa encontram Arya e Micah, o filho do talhante a praticarem esgrima com paus de madeira. Joffrey decide embirrar com o pobre rapaz e Arya, não gostando de ver injustiças, bate em Joffrey com o seu pau. Este vira-se para ela, mas Nymeria ataca-o e Arya consegue agarrar a espada de Joffrey, ameaçando-o, mas acabando eventualmente por atirar a espada ao rio e fugir com a sua loba.

Arya percebe que se Nymeria for apanhada será severamente castigada, por isso incita-a a fugir. Já de noite, Ned procura a filha desaparecida, quando Jory Cassel lhe traz a notícia que a rapariga foi encontrada pelos Lannisters e levada à presença do Rei.


Após alguma discussão sobre quem fez o quê, Robert está disposto a dar o assunto por encerrado, mas Cersei mostra toda a sua perfídia ao exigir que o lobo de Sansa seja morto para haver um castigo pelo que o animal de Arya fez a Joffrey. Ned assume a responsabilidade de o fazer.

Quando se dirige para o local onde Lady se encontra, Ned passa pelo Hound que leva o corpo do jovem Micah, que entretanto apanhou e assassinou. Ned tira a vida a Lady, não sem demonstrar toda a dor que o acto lhe causa. Ao mesmo tempo, Bran acorda.

Categories: ,

Leave a Reply

Partilhar