Episódio 1x01 - Winter is Coming (resumo)


Ser Waymar Royce, Gared e Will, membros da Patrulha da Noite, partem da Muralha para fazer uma incursão pela perigosa floresta a norte. Will encontra um grupo de selvagens mortos e tenta convencer o seu superior a voltar para trás.


Ser Waymar goza com Will e pede-lhe que o leve ao local onde se encontram os selvagens mortos, apesar das reticências de Will e Gared. Chegados lá, os restos mortais desapareceram, mas cedo o grupo percebe que "voltaram" à vida na forma de uma espécie de zombies - os White Walkers. Will é o único que consegue escapar com vida, mas é apanhado pelos homens de Winterfell como desertor da Patrulha da Noite.


Em Winterfell, Bran Stark pratica tiro ao alvo sob o olhar atento dos irmãos Robb, Jon e Rickon, e dos pais Eddard (Ned) e Catelyn. Entretanto, as raparigas Stark, Sansa e Arya, praticam costura, mas Arya está mais interessada na actividade dos irmãos. 

Ser Rodrik Cassel, o Mestre de Armas de Winterfell, traz a Ned Stark a notícia de que foi apanhado um desertor da Patrulha da Noite. Ned sabe que a lei dita que os desertores da Patrulha deverão ser condenados à morte. Contra a vontade de Catelyn, decide levar o pequeno Bran para assistir à execução. O próprio Ned encarrega-se de decapitar Will.


No caminho de regresso a Winterfell, Ned e companhia encontram uma loba enorme, morta, e as suas cinco crias recém-nascidas por perto. Jon Snow convence o pai a salvar as crias e a dar cada uma delas às crianças Stark. Quando se preparam para ir embora, Jon descobre uma cria perdida, toda branca, e fica com ela.

Em King's Landing (Porto Real) procede-se às cerimónias fúnebres de Jon Arryn, Mão do Rei. Jaime Lannister tenta convencer a irmã gémea, Cersei Lannister, a não se preocupar em demasia com os segredos que Jon Arryn podia ou não saber.


Em Winterfell, Catelyn vai ter com Ned para o avisar da morte de Jon Arryn e do facto do Rei e a sua família se dirigirem para Winterfell. Ambos sabem o que isso significa - Robert Baratheon deseja que Ned seja o novo Mão do Rei. Os Stark fazem preparativos para a chegada da comitiva: Catelyn recebe alguns conselhos de Maester Luwin e os rapazes mais velhos fazem a barba e cortam o cabelo.

Do alto do castelo de Winterfell, para onde gosta de subir, Bran vê ao longe a comitiva do Rei. Catelyn ralha com o filho e fá-lo prometer que não vai voltar a subir às altas muralhas. O grupo real chega finalmente a Winterfell e é recebido com pompa e circunstância. Robert deseja de imediato ir com Ned às criptas de Winterfell para prestar homenagem à falecida Lyanna Stark, outrora sua prometida.


Já nas criptas, Robert pede a Ned que seja o seu braço direito e o ajude a governar o Reino. Entretanto, Jaime Lannister vai encontrar o irmão anão Tyrion em muito bom companhia, a recuperar a energia perdida durante a viagem. De volta às criptas, Robert relembra Lyanna e o seu ódio aos Targaryen.


Do outro lado do Mar Estreito, em Pentos, estão os últimos descendentes da dinastia Targaryen, Viserys e Daenerys. Viserys consegue um acordo com o líder da tribo nómada Dothraki, Khal Drogo, que lhe deverá fornecer os homens necessários para recuperar o trono de Westeros, em troca do casamento de Daenerys com Drogo. Daenerys diz que só quer ir para casa, mas o irmão mostra o seu egoísmo e diz-lhe que fará tudo para recuperar o trono, incluindo sacrificá-la aos selvagens.

Em Winterfell, antes do banquete em honra do Rei, Sansa revela as suas preocupações em relação ao facto de Joffrey a achar ou não bonita.  Jon Snow, por ser bastardo, foi excluído do banquete e está no exterior quando o seu tio Benjen Stark chega. Pouco depois, numa conversa com Tyrion, percebe que mesmo os filhos legítimos podem ser vistos como bastardos pelos pais. Ned e Benjen falam sobre o desertor da Patrulha da Noite que o primeiro teve de executar. No banquete, a Rainha Cersei mostra o seu desagrado em relação ao comportamento leviano do marido e parece simpatizar com jovem Sansa. Ned tem uma altercação com Jaime Lannister, que tenta provocá-lo.


Chega a Winterfell uma carta de Lysa Arryn, irmã de Catelyn e viúva de Jon Arryn, dizendo que os Lannisters conspiraram para assassinar o anterior Mão do Rei. Ned sente-se cada vez mais obrigado a aceitar a proposta de Robert pelas suspeitas de que o seu velho amigo esteja ameaçado.

Em Pentos, toma lugar o casamento de Daenerys e Drogo, no meio dos rituais do povo Dothraki. Dany conhece Jorah Mormont, um cavaleiro exilado de Westeros, que a irá acompanhar e ajudar a adaptar-se a viver no meio da tribo. Dany recebe como prenda de casamento, de Illyrio, três ovos de dragão há muito mortos. O casamento é consumado, muito contra a vontade de Dany.


Enquanto Ned, Robert e companhia rumam a uma caçada, Bran não cumpre o que prometeu à mãe e parte em mais uma das suas incursões pelos telhados de Winterfell. Numa das torres, Bran apanha Jaime e Cersei em flagrante durante o acto sexual... Para tentar proteger o segredo dos dois, Jaime tenta matar Bran, empurrando-o pela janela.

Categories: ,

3 Responses so far.

  1. Bom apanhado visual!
    Adorei o Bosque Sagrado. Na verdade nunca tinha visualizado na minha mente a imagem do Bosque, e adorei esta!

  2. Muito bom o resumo. ;)

    Já havia adorado os primeiros minutos. Aliás, a primeira coisa em que pensei foi "Está fiel ao livro!" e é interessante constatar que o resto também não se afasta muito, sobretudo da ideia que eu tenho, isto porque já li os livros há algum tempo e há pormenores que não me recordo, mas do que me lembro e do que tinha imaginado, está muito próximo. Pentos então, toda a sua atmosfera, está tal e qual tinha imaginado. :)

  3. Célia says:

    Obrigada às duas :)

Leave a Reply

Partilhar