Jorah Mormont



Sor Jorah Mormont é um cavaleiro exilado que foi outrora o chefe da Casa Mormont e senhor da Ilha do Urso. Fugiu de Westeros para escapar à execução por fazer comércio com escravos, e ficou ao serviço dos últimos Targaryen. Torna-se um dos companheiros de maior confiança de Daenerys Targaryen.

Quando Jorah amadureceu, o seu pai juntou-se à Patrulha da Noite para dar a Jorah o domínio da Casa Mormont. A primeira mulher de Jorah abortou três vezes e morreu após o terceiro aborto. Jorah lutou na Rebelião dos Greyjoy e foi feito cavaleiro pela sua bravura. Depois de um torneio realizado em Lannisporto para celebrar a vitória, conheceu Lynesse Hightower e ficou imediatamente apaixonado por ela, pedindo-lhe a sua protecção no torneio. Teve uma vitória improvável e nomeou-a rainha do amor e da beleza. Nessa noite, pediu a Lord Leyton a sua mão, e este concordou. Foram felizes até voltarem ao seu castelo na Ilha do Urso, que era um casebre miserável para Lynesse. Jorah gastou somas consideráveis para tentar mantê-la feliz e acabou falido. Para conseguir mais fundos, vendeu alguns larápios aos traficantes de escravos de Tyrish. Isto era um crime no Norte, o que levou Eddard Stark a condená-lo à morte. Em vez de se juntar ao pai, vestindo o negro, ou morrer, Jorah fugiu para Lys com Lynesse, mas ela não demorou a abandoná-lo.

Jorah é um grande homem de meia-idade. Está a ficar careca, mas continua forte e em forma. Daenerys não o considera particularmente bonito.

Na série, o escocês Iain Glen vai ser Jorah Mormont. Vi-o n'"A Última Leigão" e n'"O Reino dos Céus", mas sinceramente não me lembro. O seu trabalho é elogiado, pelo que fico confiante que o papel está bem entregue.

(texto parcialmente adaptado de A Wiki of Ice and Fire)

Leave a Reply

Partilhar